O que é e como tratar a BURSITE

A bursite é uma inflamação dolorosa da bursa (uma bolsa preenchida com líquido que proporciona amortecimento onde a pele, músculos, tendões e ligamentos deslizam sobre os ossos).

 

Movimentar-se é geralmente doloroso e a bursa próxima à pele pode ficar inchada e sensível.

A dor ao redor da bursa sugere o diagnóstico, mas, em alguns casos, são necessários exames de imagem ou análise do líquido removido de uma bursa.

Geralmente, os sintomas são aliviados com fisioterapia, imobilização, medicamentos anti-inflamatórios não esteroides e, algumas vezes, injeções de corticosteroides.

Normalmente, a bursa contém uma pequena quantidade de líquido, que proporciona o amortecimento. A bursa reduz a fricção e previne o desgaste que pode ocorrer quando uma estrutura desliza sobre a outra. Algumas bursas estão localizadas logo abaixo da pele (bursas superficiais). Outras estão localizadas abaixo de músculos e tendões (bursas profundas). Se uma bursa for lesionada ou usada em excesso, pode ficar inflamada e pode se acumular líquido adicional. (Consulte também Introdução às doenças dos músculos, bursas e tendões.)

Bursite é geralmente causada por:

 

  • Irritação devido a uso indevido ou excessivo
  • Ela também pode ser causada por lesão, gota, pseudogota, artrite reumatoide ou determinadas infecções, especialmente aquelas causadas por Staphylococcus aureus. A causa da bursite costuma ser desconhecida.

O ombro é muito suscetível à bursite, mas as bursas dos cotovelos, quadris (bursite trocantérica), pelve, joelhos, dedos dos pés e calcanhares (bursite do tendão de Aquiles) são afetadas frequentemente. As pessoas com bursite do ombro geralmente têm inflamação dos tendões ao redor dos ombros (tendinite do manguito rotador – os tendões e outras estruturas que se movem, giram e mantêm o ombro no lugar formam o manguito rotador).

O tratamento é baseado em:

  • Analgésicos e anti-inflamatórios
  • Às vezes, injeções de corticosteroides
  • Fisioterapia Especializada.